Tich, Tich, BOOM! Ácido Tranexâmico em Hemorragia Intracraniana

Share

TXA. Para que é bom? Absolutamente tudo. Esta parece ser a hipótese alternativa para o estudo TICH-21, publicado na semana passada no Lancet. Nos bastidores de evidências recentes sugerindo que o ácido tranexâmico IV (TXA) precocemente pode melhorar o resultado em trauma2, hemorragia pós-parto3, possivelmente lesão cerebral traumática4 e talvez epistaxe5, os investigadores aqui decidiram avaliar o uso de TXA na hemorragia intracerebral primária. Isto é FOAMed da mais alta ordem – o papel é de um periódico de alto…

0
Read More

Los fluidos intravenosos no causan edema cerebral en DKA pediátrica

Share

¿La velocidad del líquido IV o la tonicidad contribuyen a la tasa de edema cerebral en la DKA pediátrica? Algunos niños con cetoacidosis diabética desarrollan edema cerebral y tienen malos resultados neurológicos. Lamentablemente, cuando esto sucede, los dedos apuntan con frecuencia a los médicos de urgencias por nuestro uso excesivo de líquidos por vía intravenosa. Los niños no son pequeños adultos, se nos dice, y no pueden tolerar los mismos volúmenes de fluidos. O tal vez es el uso de…

0
Read More

FLUIDOS IV NÃO CAUSAM EDEMA CEREBRAL EM PACIENTES PEDIÁTRICOS COM CETOACIDOSE DIABÉTICA

Share

A taxa de fluidos IV ou tonicidade contribuem para a taxa de edema cerebral na cetoacidose diabética em crianças? Algumas crianças com cetoacidose diabética evoluem com edema cerebral e tem péssimas sequelas neurológicas. Infelizmente, quando isso ocorre, frequentemente se aponta o dedo para o médico emergencista devido ao nosso zelo exacerbado com o uso de fluidos intravenosos. Crianças não são adultos em miniatura, sempre escutamos, e não toleram os mesmos volumes de fluidos. Ou talvez, seja o uso de soluções…

0
Read More

Segredos do ofício: inalação de alcool isopropílico vaporizado para náusea e vômito

Share

SEGREDOS DO OFÍCIO: INALAÇÃO DE ALCOOL ISOPROPÍLICO VAPORIZADO PARA NÁUSEA E VÔMITO As enfermeiras da triagem reclamam que vários pacientes na sala de espera estão reclamando de náusea e êmese. Perguntam a você “Por que não podemos ter um antiemético à disposição na triagem?” Acontece que elas podem ter um bom antiemético à mão, ou ainda no bolso do pijama do plantão o tempo todo. Apenas não sabiam disso ainda. O que se sabe sobre o vômito Náuseas e vômitos…

0
Read More

Proclorperazina, Metoclopramida e Difenidramina para Cefaleia Migranosa Aguda

Share

A Sociedade Americana de Cefaleia de 2016 lançou recomendações sobre o manejo de adultos com cefaleia migranosa aguda.1 Em Novembro de 2017, no episódio que gravei para o podcast EM:RAP LIN Sessions, Medicina de Emergência: Revisões e Perspectivas, percebi que generalizei diversas afirmações sobre agentes antidopaminérgicos e o uso concomitante de difenidramina para redução de risco de acatisia. Então, eu quis esclarecer alguns pontos e compartilhar uma visão aprofundada sobre o tópico, graças ao feedback construtivo e ajuda do experiente…

0
Read More

Pérolas em emergência pediátrica: bloqueio regional de nervo facial

Share

Bloqueios regionais de nervos da face e orelha podem ser uma ótima opção analgésica na criança, particularmente para feridas que precisam de reparo. Os benefícios incluem número reduzido de injeções locais, melhores resultados estéticos devido à menor distorção da margem da ferida, e melhora da analgesia dentro da região do nervo.1,2 O post do blog a seguir e o tutorial em vídeo revisam os elementos-chave dessa técnica. Bloqueio de Nervo Facial: Técnica Nós recomendamos uso de Lidocaína 1% ou Bupivacaína…

0
Read More

Tratamiento de la cefalea migrañosa aguda

Share

Proclorperazina, Metoclopramida y Difenhidramina para el tratamiento de la cefalea migrañosa aguda Introducción La American Headache Society (AHS) publicó en 2016 recomendaciones sobre el manejo de adultos con migrañas agudas. En el episodio de noviembre de 2017 EM: RAP LIN Sesiones de podcasts que grabé, me di cuenta de que generalizaba varias afirmaciones sobre los agentes antidopaminérgicos y el uso de difenhidramina adyuvante para la reducción del riesgo de acatisia. Así que quería aclarar las cosas y compartir una inmersión…

0
Read More

Taquicardia de complejo ancho en una veinti-tantos años

Share

Este fue enviado por un antiguo residente. El permanecerá anónimo porque su identidad podría comprometer la confidencialidad del paciente. Caso Una femenina con veinti-algo años, se presentó con palpitaciones y mareos. Ella no tenia historia médica previa excepto alguna “taquicardia in utero” la cual fue tratada hasta una edad temprana. Ella no ha tenido problemas desde entonces y no toma medicamentos. Ella no tiene ningún diagnóstico específico de anormalidades de conducción. Su madre dice que ella no está pensando claramente…

0
Read More

DOACs vs. Warfarina: cual es su impacto en mortalidad?

Share

Una mujer de 68 años se presenta con palpitaciones y malestar general por 3 días. Ella niega dolor torácico, disnea ni mareos. Antecedentes patológicos personales incluye hipertensión arterial, dislipidemia y osteoartritis sin historia de arritmias. Su frecuencia cardiaca es de 125lpm, con los demás signos vitales normales. Su pulso es irregular y su examen físico sin alteraciones. EKG demuestra fibrilación atrial. Tú le disminuyes su frecuencia cardiaca utilizando diltiazem. Los demás resultados de exámenes no demuestran causa desencadenante o complicaciones…

0
Read More

DE CABEÇA PARA BAIXO VOCÊ ME TIRA DA TSV?

Share

Caso: Uma menina de 7 anos chega ao seu departamento de emergência com queixa de palpitações. Ao exame ela aparenta estar ansiosa e implora que você não dê “aquele remédio que faz meu coração parar, como o último médico fez”. Você sabe que manobras vagais são a primeira linha de ação, mas há variação de técnicas. Como a paciente já havia tentado expirar fechando o nariz com os dedos, você se pergunta se não haveria outro método seguro para se…

0
Read More