Checklist de Manejo de Via Aérea

Share

Emergencistas estão sujeitos a uma alta carta de esforço cognitivo e isso pode colocar a segurança de nossos pacientes em risco. Uma ferramenta para auxiliar a lidar com esse tipo de problema é o uso de checklists (1). Especificamente na emergência, existe evidência de que o uso dessas ferramentas para o manejo de via aérea diminui o número de complicações e aumenta a taxa de adesão a medidas que comprovadamente aumentam a segurança do procedimento (2). Levando isso em conta,…

0
Read More

Manejo de Epistaxe na Emergência: Um Mnemônico Útil

Share

  A epistaxe é uma condição comum nas salas de emergência¹, podendo se apresentar de forma desafiadora e consumir bastante tempo. O conhecimento dos atalhos, armadilhas e dicas para minimizar intercorrências no manejo da epistaxe frequentemente pode significar, para o paciente, a diferença entre uma passagem frustrante e uma passagem rápida pelo serviço de emergência. Utilize o mnemônico EPISTAXIS para ajudá-lo a lembrar os pontos principais MNEMÔNICO EPISTAXIS E xaminar – Tente distinguir se o sangramento é anterior ou posterior.…

0
Read More

#FOAMed Project Brasil – EM Pearls #01: Síndrome de Abstinência Alcoólica

Share

Caso Clinico: Um homem de 53 anos vem à Emergência com uma história de ingestão de 12 doses de álcool por dia. Sua última dose foi há 24 horas e ele está se sentindo ansioso e agitado. Sinais vitais são: FC 90, PA 135/90, FR 18, T 98.9 F e SaO2 97% em ar ambiente. Dúvida: Como você pode determinar a gravidade da síndrome de abstinência e a necessidade de tratamento no hospital versus tratamento ambulatorial?

0
Read More

#FOAMed PROJECT BRASIL: EM PEARLS #01 – FRATURA OCULTA DE QUADRIL

Share

Paciente feminina, 75 anos, escorregou e caiu no gelo enquanto caminhava em direção a seu carro. A queda foi sobre o lado esquerdo do corpo. Após a queda, a paciente não conseguia deambular e reclamava de dor no quadril esquerdo. Ao exame, apresentava dor à palpação no quadril esquerdo sem deformidade óbvia. Radiografia de quadril e pelve foram negativas para fraturas. Entretanto, a paciente continua apresentando dificuldade para deambular na Emergência. E AGORA? Internar para observação e tratamento da dor…

0
Read More