#FOAMed Project Brasil – EM Pearls #01: Síndrome de Abstinência Alcoólica

Share

Caso Clinico:

Um homem de 53 anos vem à Emergência com uma história de ingestão de 12 doses de álcool por dia. Sua última dose foi há 24 horas e ele está se sentindo ansioso e agitado. Sinais vitais são: FC 90, PA 135/90, FR 18, T 98.9 F e SaO2 97% em ar ambiente.

Dúvida:

Como você pode determinar a gravidade da síndrome de abstinência e a necessidade de tratamento no hospital versus tratamento ambulatorial?

Tox Cards

Pérola:

O uso do escore CIWa-AR, com apenas 10 itens, é rápido e efetivo para auxiliar na determinação objetiva do grau de gravidade da síndrome de abstinência por álcool [1].

  • Síndrome de abstinência alcólica é um espectro de distúrbios variando desde sintomas leves até sintomas graves como convulsões e delirium tremens [2].
  • O escore CIWA-AR não consegue diferenciar diferentes tipos de síndrome de abstinência alcoólica e entre delirium tremens e delirium resultante de outras causas [3].
  • O escore varia de 0 (sem abstinência) até 67 (abstinência grave) e pode ser repetido facilmente durante as reavaliações do paciente.
  • O escore incorpora as seguintes categorias: “Náusea e Vômitos” (0-7); “Tremores” (0-7); “Sudorese Paroxística” (0-7); “Ansiedade” (0-7), “Agitação” (0-7); “Distúrbios Táteis” (0-7); “Distúrbios Auditórios” (0-7); “Distúrbios Visuais” (0-7); “Cefaleia” (0-7); e, “Rebaixamento do Sensório” (0-4).
  • Um escore entre 0-9 é compatível com abstinência leve e pode ser manejado ambulatorialmente com ou sem medidas de suporte clínico, a critério do médico assistente.
  • Um escore entre 10-19 é compatível com abstinência moderada e o paciente deveria ser considerado para internação hospitalar e desintoxicação aguda.
  • Um escore maior que 20 é compatível com abstinência grave e o paciente deve ser admitido para uma unidade com recursos de monitorização, como uma UTI, para acompanhamento e desintoxicação.
  • Caso o escore CIWA-AR continue alto mesmo após manejo clínico adequado, o paciente provavelmente está apresentando delirium associado por outra causa [4].
  • Um escore similar com 20 itens, CIWA-B, está disponível para o uso com pacientes passando por abstinência por benzodiazepínicos [5].

Ponto Principal:

O escore CIWA-AR é uma ferramenta efetiva que pode ser usada em menos de 5 minutos para avaliar objetivamente o nível de abstinência por álcool. Ele também pode ser repetido facilmente para avaliar a eficàcia do tratamento ou a progressão da abstinência. A ferramenta pode ser útil em determinar para onde o paciente será encaminhado; se ele receberá alta para casa (escore 0-9), se necessita de internação na enfermaria (10-19) ou internação em UTI (escore > 20)

Texto Original: EM Docs

Autor: Brian P. Murray, DO 

Traduzido por: Henrique Puls, MD

Editado por: Cynthia Santos, MD, Alex Koyfman, MD e Brit Long, MD

Referências:

  1.      Sullivan JT, Sykora K, Schneiderman J, Naranjo CA, Sellers EM. Assessment of alcohol withdrawal: the revised clinical institute withdrawal assessment for alcohol scale (CIWA‐Ar). British journal of addiction. 1989 Nov 1;84(11):1353-7.
  2.      Kattimani S, Bharadwaj B. Clinical management of alcohol withdrawal: A systematic review. Industrial psychiatry journal. 2013 Jul;22(2):100.
  3.      Chabria SB. Inpatient management of alcohol withdrawal: A practical approach. Signa Vitae. 2008;3:24–9.
  4.      Bharadwaj B, Bernard M, Kattimani S, Rajkumar RP. Determinants of success of loading dose diazepam for alcohol withdrawal: A chart review. Journal of Pharmacology and Pharmacotherapeutics. 2012 Jul 1;3(3):270.
  5.      Busto UE, Sykora K, Sellers EM. A clinical scale to assess benzodiazepine withdrawal. Journal of clinical psychopharmacology. 1989 Dec 1;9(6):412-6.